A carreira

Nome: Gustavo Kuerten
Data de nascimento: 10/09/76
Cidade: Florianópolis - SC
Ano de Profissionalização: 1995
Empunhadura: destro
Altura: 1m91
Peso: 81kg
Melhor Golpe: direita
Saque mais veloz: 212 km/hora (em GSTAAD, em 99)
Melhor ranking duplas: 38 (Outubro 1997)
  • Em 2000 liderou a Corrida dos Campeões por 17 semanas.
  • Foi o primeiro brasileiro e o primeiro sul-americano a terminar a temporada como número um do mundo.
  • Está no topo do ranking mundial há 29 semanas.
  • Na década de 1990, somente Stefan Edberg, Jim Courier, Andre Agassi e Pete Sampras terminaram o ano como número um do mundo
  • Guga alcançou o posto de número um, no ranking de entradas, pela primeira vez no dia 04 de dezembro de 2000
  • No ano passado ele venceu o seu primeiro título em quadras rápidas, em Indianápolis e o primeiro em quadras rápidas cobertas, em Lisboa.

Títulos:

Tem 20 títulos de simples e 8 de duplas.
Quinze destes títulos são no saibro, quatro em quadra rápida e outro em quadra rápida coberta.

18 simples
Roland Garros (1997)
Stuttgart (1998)
Mallorca (1998)
Monte Carlo (1999)
Roma (1999)
Santiago (2000)
Hamburgo (2000)
Roland Garros (2000)
Indianapolis (2000)
Masters Cup Lisboa (2000)
Buenos Aires (2001)
Acapulco(2001)
Monte Carlo (2001)
Roland Garros (2001)
Stuttgart (2001)
Cincinnati (2001)
Bahia (2002)
Auckland (2003)
Brasil Open (2004)

10 Vice-campeonatos
Bolonha 1997
Montreal 1997
Miami 2000
Roma 2000
Roma 2001
Indianápolis 2001
Lyon 2002
Indian Wells 2002
Indian Wells 2003
Vina Del Mar 2004

9 duplas
Challenger de Campinas, com Fernando Meligeni (1996)
Challenger de Punta del Este, com Jaime Oncins (1996)
Challenger de Bratislava, com Marcelo Charpentier (1996)
ATP Tour de Santiago - com Fernando Meligeni (1996)
ATP Tours de Estoril, Bolonha e Stuttgart - com Fernando Meligeni (1997)
ATP Tour de Gstaad - com Fernando Meligeni (1998)
ATP Tour de Adelaide - com Nicolas Lapentti (1999)
ATP Tour de Santiago - com Antônio Prieto (2000)

ATP Tour de Acapulco - com Donald Johnson (2001)

Gustavo Kuerten

Sonho: São tantos que é difícil escolher um só. Cada dia a gente tem sonhos novos. Quanto mais você conquista as coisas, vai sonhando mais. Sonho em estar feliz sempre, com muita saúde para todos e de estar sempre curtindo as coisas que faço. No tênis sonho em ganhar outro Grand Slam, a Copa Davis, um torneio em quadra rápida, ser número um do mundo, mas tudo de uma maneira gradual.
Desafio: Estar se superando a cada dia
Medo: Não tenho
Time: Avaí

Mania: Ficar com a toalha na boca nos intervalos dos games
Pior defeito: Não sou muito bom de falar de mim mesmo, mas acho que se fosse perguntar para os meus amigos e para a minha família eles diriam que é o fato de eu estar sempre pregando peças neles. Ás vezes ligo em casa e falo: mãe perdi e só depois de um tempo conto que era mentira.
Música predileta: aquela do Bob Marley que diz, "Don't worry about a thing, 'cause every little thing is gonna be alright."
Perfume: Eternity e Carolina Herrera
Comida: Gosto de tudo, mas prefiro uma massa

Pessoas com quem se identifica: Ayrton Senna e Gandhi
O que te faz sorrir: Qualquer coisa. Estou sempre sorrindo.
O que te faz chorar: A falsidade. Quando perco a confiança em uma pessoa.
O dia mais feliz: Não tenho um dia que tenha sido o mais feliz. Procuro viver todos os dias com muita felicidade. Estou sempre tentando me aprimorar nesse quesito.

Se fosse um herói de cinema quem seria: Arnold Schwarzeneger, Sylvester Stallone. Um desses caras fortes, bem diferente de mim, e que estão sempre lutando.
Como é ser tão lutador e duro na quadra e tão simpático e alegre fora dela? Quando era pequeno o meu treinador sempre brigava comigo por que eu era muito bonzinho na hora do jogo. Aos poucos fui aprendendo a lidar com isso e separo bem as coisas.
Livro de Cabeceira: Não tenho um favorito, gosto de Paulo Coelho, Luis Fernando Veríssimo e Sidney Sheldon.
Frase: "Jogue tênis todo dia, com saúde e alegria"
Lugar: Florianópolis
Família: Força e Coragem

Amigos: Meus melhores amigos no circuito são Nicolas Lapentti, Fernando Meligeni, Carlos Moya, Mariano Zabaleta, Federico Browne.... e a galera de Floripa.

Maior Vitória: Dois Grand Slam - Roland Garros 1997, 2000, Master Cup Lisboa 2000

Ídolos no tênis: Stefan Edberg, Jaime Oncins.

Meta: Cada vez estar evoluindo e conquistando coisas novas na minha carreira.

Fonte: www.cbtenis.com.br

Copyright © 2004 - Site Match Point - Todos os Direitos Reservados