GRAND SLAM

A magia do Grand Slam 

VENCER OS QUATRO TORNEIOS É O MAIOR SONHO DOS TENISTAS 

Quatro torneios formam o que hoje se conhece como Grand Slam, ou seja, as quatro mais importantes disputas do tênis no ano. Wimbledon, Roland Garros, US Open e Aberto da Austrália têm suas histórias distintas e, juntos, são a glória para o tenista. 

Wimbledon - Organizado pela primeira vez na Inglaterra em 1877, no início era um evento amador, disputado apenas na categoria simples, numa chave de 22 jogadores. Em 1884, as mulheres disputaram pela primeira vez. Desde o princípio, Wimbledon conquistou popularidade e prestígio. A partir de 1907, a realeza britânica passou a acompanhar o torneio. Algumas regras do começo do século ainda permanecem, como a obrigatoriedade de uso de uniforme branco. Alguns dos tenistas tornaram-se inesquecíveis em Wimbledon, como os gêmeos Ernest e William Renshaw, que ganharam 13 títulos entre 1881 e 1889 ( em dupla ou em simples). Nos anos 20, o norte-americano Bill Tiden brilhou nas quadras de Wimbledon, sendo considerado um dos melhores da história. Foi em Wimbledon que a brasileira Maria Esther Bueno tornou-se conhecida, vencendo em 59, 60 e 64.

Roland Garros - Quatro franceses são os responsáveis pela criação deste torneio. Conhecidos como os quatro mosqueteiros do tênis, René Lacoste, Henri Cochet, Jean Borotra e Jacques Brugnon conquistaram, em 1927, a Copa Davis e, para defender o título no ano seguinte, os franceses tiveram de construir uma quadra em seu país. Menos de um ano depois surgia o complexo de Roland Garros, que recebeu o nome de um aviador, herói da Primeira Guerra. O investimento deu resultado. A França manteve a coroa da Davis nos cinco anos consecutivos até 1932. O torneio cresceu em público e importância e, em 79, foi criado o já famoso Village, um espaço onde os patrocinadores oficiais do torneio pudessem expor seus produtos. Em 89 foram erguidas, bem no centro do complexo, quatro estátuas em homenagem aos quatro mosqueteiros do tênis . 


A história é semelhante 


US Open - Considerado o mais rico torneio do planeta, surgiu de um evento amador, conhecido como Campeonato Nacional norte-americano, que servia mais de entretenimento para a alta sociedade do final do século 19. O primeiro torneio
aconteceu em 1881 e só havia disputa masculina. A partir de 1900, os campeonatos nacionais de duplas masculinas foram divididos em torneios no Leste e no Oeste. Os vencedores se enfrentavam para determinar de que lado do país se jogava o melhor tênis. Em 1919, o modelo mata-mata passou a ser adotado. Outra mudança importante surgiu em 1993, quando as partidas passaram de melhor de três sets para melhor de cinco sets. 

Aberto da Austrália - Disputado pela primeira vez em 1905, o torneio, no começo, não tinha o mesmo prestígio dos outros três Grand Slams. Como era disputado em um país localizado num continente distante, os australianos tiveram de lutar para conquistar seu espaço no mundo do tênis. A competição foi realizada em diversos estados australianos, até que, em 1972, foi concentrada em um único local. Entre 1962 e 1969, um dos destaques foi o australiano Rod Laver, que acumulou títulos também nos outros Grand Slams. Em 1988, o piso mudou, passando de grama para sintético, tornando-se um dos locais de maior importância no tênis. 


T O R N E I O S 

Wimbledon 
nglaterra 
1º torneio: 1877
É um dos mais tradicionais torneios de tênis do mundo.

Roland Garros 
França 
1º torneio: 1928 
O torneio foi criado depois que a França venceu a Copa Davis, um ano antes.

US Open
EUA 
1º torneio: 1881 
Surgiu de um torneio amador, criado para entreter a alta sociedade. 

Aberto da Austrália
Austrália 
1º torneio: 1905 
Tenistas australianos ganharam destaque. 

Fonte: Gazeta Esportiva